Seu email foi confirmado com sucesso!

Para ativar a senha de seu email, favor abrir um chamado no CAS informando a chave #.
Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

X

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

Saúde de Mogi das Cruzes promove Oficina de Fitoterapia no Posto de Saúde de Jundiapeba

A Secretaria Municipal de Saúde está promovendo uma Oficina de Fitoterapia – Ervas e Chás, no Posto de Saúde de Jundiapeba. O encontro é realizado mensalmente, sempre na última quarta-feira de cada mês, e é aberto ao público em geral, sem necessidade de inscrição. A próxima aula está marcada para o dia 25 de abril, a partir das 15h20.

O trabalho é uma iniciativa do grupo de Psicologia da unidade e começou no mês de janeiro, quando foram apresentados vários tipos de ervas e sua utilização. No último encontro, o público presente aprendeu a realizar a produção caseira de um creme para combate a dores localizadas e a extração de valeriana e melissa, uma tintura de combate natural ao estresse.

“Nossa proposta é indicar receitas e práticas simples que possam ajudar no combate a problemas comuns, como gripe, tosse ou má digestão. Muitas vezes a pessoa tem uma farmácia em seu quintal e não sabe como utilizar”, explica o psicólogo, naturopata e acupunturista Adriano Sérgio Granado, que trabalha em parceria com Guilherme dos Santos de Barros Lordelo, que é psicólogo, fitoterapeuta e acupunturista.

As Oficinas de Fitoterapia fazem parte do Programa de Práticas Integrativas e Complementares, iniciativa que agrega alternativas terapêuticas visando o bem-estar físico, mental e a melhoria na qualidade de vida dos pacientes. No ano passado, foi ministrado um Curso de Automassagem Chinesa para servidores da Secretaria Municipal de Saúde atuarem como multiplicadores junto aos pacientes da Rede Básica de Saúde.

O objetivo da capacitação foi ampliar os cuidados em saúde mental, garantir atendimento especializado e contribuir para triagem e redução da demanda reprimida de pacientes nesta área. Outras vantagens são os benefícios físicos e emocionais sentidos pelos pacientes, com melhora de problemas como ansiedade e depressão, e a qualidade de vida, por meio da socialização e dos cuidados psicossociais.

Outra capacitação foi realizada em Naturopatia para médicos, enfermeiros, agentes comunitários e outros profissionais da Rede Básica de Saúde, resultado de uma parceria com a médica e diretora científica da Associação Brasileira de Ayurveda, Valquíria Zago Matheus. “As Práticas Integrativas são uma realidade que podem ser utilizadas para oferecer inovações no cuidado e também para aproximar o usuário da rede de atendimento. Além disso, apresenta alternativas para substituir a automedicação nos cuidados mais simples de saúde”, explica a diretora de Rede Básica, Rebeca Barufi.


Data de Publicação: 03/04/2018

Fonte: Comunicação Prefeitura de Mogi das Cruzes