Seu email foi confirmado com sucesso!

Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

Hipertensão arterial: saiba como prevenir e ter uma vida mais saudável

A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas parece das artérias para se movimentar é muito forte, ficando acima dos valores considerados normais. Se não tratada, pode ocasionar derrames cerebrais, doenças do coração, insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou paralisação dos rins, além de alterações na visão que podem levar à cegueira.

Para alertar sobre os riscos da doença, a data 26 de abril é marcada pelo Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. As pessoas mais propensas são aquelas com excesso de peso, que não tem uma alimentação saudável, ingerem muito sal, não fazem exercícios físicos, consomem muita bebida alcoólica, são diabéticos ou têm familiares hipertensos.

“O risco aumenta com a idade. Após os 55 anos, mesmo as pessoas com pressão arterial normal têm 90% de chances de desenvolver a hipertensão”, afirma Maurício Kurcharsky, clínico geral do CEJAM.

INIMIGA SILENCIOSA
Segundo Kurcharsky, a maioria das pessoas com pressão alta não apresenta sintomas no início da doença, por isso ela é chamada de inimiga silenciosa. “A única forma é a verificação regular, o que pode ser feito em ambulatórios e hospitais. Os sintomas atribuídos ao aumento da pressão são dor de cabeça, cansaço, tonturas, sangramento pelo nariz, entre outros”.

O médico recomenda também diminuir a quantidade de sal e evitar açúcares, doces, frituras, e alimentos processados e industrializados, cujo teor de sódio é bem maior se comparado aos alimentos in natura. Ainda de acordo com o especialista, é necessário aumentar o consumo de hortaliças e frutas, que ajudam a diminuir o risco da hipertensão e reduzir ou abandonar o consumo de bebidas alcoólicas e não fumar.

“A hipertensão arterial não tem cura, mas tem controle. Ter uma alimentação saudável, manter o peso saudável, praticar atividade física e controlar o estresse são essenciais para garantir a qualidade de vida e viver mais e melhor”, aconselha.

SAL DE ERVAS
Uma das principais causas da hipertensão, o tradicional sal de cozinha é um dos grandes vilões da saúde. Pensando nisso, especialistas têm sugerido que as pessoas façam substituições saudáveis, como a utilização do sal de ervas que, nada mais é, do que uma preparação que realça o sabor e o aroma dos pratos, ajudando a diminuir a quantidade de sal durante as refeições.

Clique aqui e veja como preparar o sal verde.


Data de Publicação: 26/04/2018

Fonte: Assessoria de Imprensa CEJAM