Seu email foi confirmado com sucesso!

Para ativar a senha de seu email, favor abrir um chamado no CAS informando a chave #.
Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

X

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

São Paulo tem alta prevalência de transtornos mentais

 

Quase 30% dos habitantes da Região Metropolitana de São Paulo apresentam transtornos mentais, de acordo com um estudo que reuniu dados epidemiológicos de 24 países. A prevalência de transtornos mentais na metrópole paulista foi a mais alta registrada em todas as áreas pesquisadas. As informações são da Agência Fapesp.

O trabalho faz parte da Pesquisa Mundial sobre Saúde Mental, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) que integra e analisa pesquisas epidemiológicas sobre abuso de substâncias e distúrbios mentais e comportamentais. O estudo é coordenado globalmente por Ronald Kessler, da Universidade Harvard (Estados Unidos).

Em artigo publicado na revista PLoS One no dia 14 de fevereiro, segundo a Agência, os autores apresentam os resultados da pesquisa "São Paulo Megacity Mental Health Survey", que gerou para o relatório internacional os dados relativos ao Brasil - no país, o estudo se restringiu à Grande São Paulo. O estudo foi realizado no âmbito do Projeto Temático "Estudos epidemiológicos dos transtornos psiquiátricos na região metropolitana de São Paulo: prevalências, fatores de risco e sobrecarga social e econômica", financiado pela Fapesp e encerrado em 2009.


Data de Publicação: 28/02/2012

Fonte: Agência Estado