Aguarde...

Portal da Transparência COVID-19 - Clique aqui e confira

Linha do Tempo

  • CEJAM inicia convênio Parto Seguro
    Inserção de metas e indicadores no projeto. Diagnóstico situacional das unidades, de acordo com RDC 36. Início do Convênio Parto Seguro com equipes de enfermeiros obstetras, técnicos de enfermagem e 766 plantões médicos de 12 horas.
  • Aumenta o número de plantões médicos
    Aumento no número de plantões médicos especialistas obstetras e neonatologistas, totalizando 1102 plantões de 12 horas. Termo Aditivo 001/2011: Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro Pires da Rocha. Manutenção do PSGO.
  • Implanta nos hospitais o Protocolo de Classificação de Risco Obstétrico
    Elaboração e entrega do protocolo médico de obstetrícia. Elaboração dos Procedimentos Operacionais Padrões (POP). Implantação do Protocolo de Classificação de Risco Obstétrico. Aumento no número de plantões médicos especialistas obstetras e neonatologistas, totalizando 1250 plantões de 12 horas. Termo Aditivo 004/2013: Hospital Municipal Dr. Alípio Correa Netto.
  • Conquista certificação em Qualidade e Segurança na Atenção Materna e Neonatal
    H.M Dr. Ignácio Proença de Gouvêa: sala de pré-parto, parto e pós-parto (PPP) dentro do C.O. H.M Dr. Alípio Correa Netto: montagem de sala PPP e início da assistência obstétrica nesse modelo. H.M Prof. Dr. Waldomiro de Paula: organização da nova sala de acolhimento com Classificação de Risco. Certificação em Qualidade e Segurança na Atenção Materna e Neonatal - melhores resultados de indicadores e metas no ano. Curso de reanimação neonatal a todos os colaboradores da assistência. 1° Curso de Manejo e Promoção ao Aleitamento Materno, conforme iniciativa do Hospital Amigo da Criança. Reconhecimento pelo Ministério Público Federal da qualidade assistencial prestada pelo programa.
  • Hospital Municipal de Vila Nova Cachoeirinha é incluso no Convênio
    Certificação em Qualidade e Segurança na Atenção Materna e Neonatal - melhores resultados de indicadores e metas no ano de 2014. Aprovação do Plano Individual de Parto (Portaria 105/2015). Termo Aditivo 002/2011: inclui o Hospital Municipal de Vila Nova Cachoeirinha no Convênio 002/2011. Finalização da manutenção do Centro Obstétrico.
  • Hospital do Servidor Público Municipal é incluso no Convênio
    Finaliza as atividades do programa, em 29 de fevereiro, na Maternidade do Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya. Realiza estudo dirigido com oficina de posições no parto. Promove o Suporte Avançado de Vida em Obstetrícia (ALSO). Certificação em Qualidade e Segurança na Atenção Materna e Neonatal - melhores resultados de indicadores e metas do ano de 2015. Aumento no número de plantões para o H.M. Vila Nova Cachoeirinha, totalizando 1204 plantões de 12 horas. Inclusão do Hospital do Servidor Público Municipal no Convênio 002/2011.
  • Recebe premiação de trabalho científico na Jornada Digital
    Avaliação do Ministério da Saúde. Inicia trabalhos da ISO 9000 no Hospital Municipal Tide Setúbal. Inicia trabalhos com ficha neo e prescrição de enfermagem em prontuário eletrônico. Programa Parto Seguro recebe premiação de trabalho científico na Jornada Digital.
  • Implanta sala PPP no Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria
    Ampliado em 11 plantões médicos para ginecologia no Hospital Municipal Dr. Mário Degni. Implantação de sala PPP no Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria. Uso da Classificação de Robson para melhoria de indicadores de cesárea como uma das ferramentas para redução do procedimento.
  • Hospitais com o Programa Parto Seguro, gerenciado pelo CEJAM, são contemplados com o Selo Ouro na 10ª Edição do SINASC
    Hospital Municipal e Maternidade Profº. Mário Degni inaugura 2 salas PPP, dedicadas ao parto humanizado. Início da integração e articulação com as 35 maternidades públicas no município e 2 casas de parto. Instalação de visor na sala de parto das maternidades com Parto Seguro e criação de Espaço Família.
  • Projeto de Pesquisa é aprovado. “Aprimoramento dos Processos da Classificação De Risco Obstétrico - Sistema Informatizado de ACCR Específico para Obstetrícia”
    Protocolos assistenciais são elaborados, entre eles: Protocolo 04: Sepse, Hemorragia e Hipertensão para Redução da Mortalidade Materna; Protocolo 05: Avaliação da Vitalidade Fetal pela Cardiotocografia.
  • Aniversário de 10 anos do Programa Parto Seguro à Mãe Paulistana
    Elaboração do Cartão da Gestante em conjunto com a SMS/SP. Projeto Piloto de “Proteção Cerebral para Prevenção de Sequelas Neurológicas em Bebês” é elaborado para o Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro Pires da Rocha e o Hospital Municipal Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva – Vila Nova Cachoeirinha. Renovação de projetos e ações IRS CEJAM e SMS: Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher - Ambulatório Saúde da Mulher CEJAM com capacitação de DIU para maternidades do Parto Seguro.
  • HM Prof. Dr. Alípio Correa Netto: ampliação do Setor “Alojamento Conjunto” com equipe de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem do CEJAM
    Maternidade Cachoeirinha: ampliação dos setores UCIN e C. O. com equipe de médicos neonatologistas, enfermeiros obstetra e técnicos de enfermagem do CEJAM.

O Que Fazemos - Parto Seguro

Evento

Presente em 8 hospitais e maternidades públicos do Estado de São Paulo, o Programa Parto Seguro atua por meio de: 

  • Acolhimento com classificação de risco e dor;
  • Consulta médica;
  • Consulta de enfermagem/busca Ativa Hospitalar;
  • Plano individual de parto;
  • Avaliação da vitalidade fetal –Cardiotocografia;
  • Cuidados na Observação;
  • Medicação;
  • Admissão Obstétrica;
  • Acompanhamento do trabalho de parto com partograma;
  • Assistência humanizada: massagens, banhos, musicoterapia, exercícios respiratórios, acupressão e outros métodos para alivio da dor;
  • Parto em posição escolhida pela mulher;
  • Clampeamento tardio do cordão umbilical;
  • Contato pele a pele mãe e filho;
  • Aleitamento na primeira hora de vida do recém-nascido;
  • Acompanhamento medico na Terapia Intensiva Neonatal e Puerpério.

Sobre

Evento

O Programa Parto Seguro à Mãe Paulistana tem como principal objetivo desenvolver estratégias de gestão e atendimento para promover à mãe, ao filho e à família uma assistência segura e humanizada no processo de parto e nascimento.

Oferece atendimento em urgência e emergências obstétricas, acolhimento com classificação de risco obstétrico, além de inovações na assistência à mulher, como: massagens, banhos terapêuticos, exercícios e respiração para ajudar na evolução e suportabilidade das contrações, liberdade de escolha na posição de parto, musicoterapia e outros métodos que proporcionam um trabalho de parto mais tranquilo, onde a mulher é protagonista.

O programa, em parceria com CEJAM e Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, busca atualizar a assistência humanizada com a melhor prática disponível no parto e nascimento. Foi implantado em hospitais no dia 03 de outubro de 2011 por meio do Convênio 002/2011.

Livro de Parto

Evento

O Livro de Parto foi implantado nos equipamentos com o Programa Parto Seguro para que houvesse um registro padronizado, de melhor controle dos dados e apoio às decisões.

Tem por objetivo documentar as boas práticas da assistência no parto e nascimento, definidas em metas e indicadores.

Esse livro foi elaborado com o apoio de profissionais renomados da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, Autarquia Hospitalar Municipal e do Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim”.

 


Acesse o Livro de Parto

SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

IRS Dr. Fernando Proença de Gouvêa

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!