Aguarde...

Portal da Transparência COVID-19 - Clique aqui e confira

Saúde

Saúde

08 de Janeiro de 2021

Saúde: Saiba como prevenir a tuberculose

Esforços visam impedir que pessoas infectadas com tuberculose desenvolvam doenças mais graves

Estima-se que um quarto da população mundial esteja infectada com o bacilo da tuberculose. Essas pessoas não estão doentes ou contagiosas; no entanto, correm um risco maior de desenvolver a tuberculose, especialmente aquelas que têm um sistema imunológico enfraquecido. Oferecer-lhes tratamento preventivo contra a tuberculose não apenas serve para protegê-los da doença, mas também reduz o risco de transmissão comunitária.

No último ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou novas orientações com o objetivo de ajudar a acelerar os esforços dos países para impedir que pessoas infectadas com tuberculose desenvolvam a doença, graças à administração de tratamento preventivo.

A tuberculose continua sendo a principal causa de morte entre as pessoas vivendo com HIV. Por isso, seu tratamento preventivo trabalha em sinergia com a terapia antirretroviral para prevenir a doença e salvar vidas. Governos, serviços de saúde, parceiros, doadores e sociedade civil devem redobrar seus esforços para aumentar o acesso ao tratamento preventivo da tuberculose.

Cidade de São Paulo

A Prefeitura de São Paulo trabalha para assegurar que os pacientes diagnosticados com a tuberculose completem o ciclo de combate à doença, que dura no mínimo seis meses. Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) adota as estratégias recomendadas pela OMS. O processo é supervisionado por profissionais das Unidades Básicas de Saúde (UBS), que além dos cuidados realizam ações de prevenção e orientação aos munícipes.

Quem abandona os cuidados fica sujeito ao retorno da doença e pode ver a eficácia dos remédios reduzida. Para a SMS, a diminuição do abandono deve-se também à ampliação da rede que faz o acompanhamento dos pacientes.

Sobre a Tuberculose

É uma doença contagiosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis (Bacilo de Koch). Este Bacilo tem preferência pelo pulmão e pode levar o indivíduo a uma doença muito grave, se ele não se tratar. Os sintomas da tuberculose são tosse e escarro por mais de três semanas, falta de apetite, emagrecimento, dor no peito, suores noturnos, cansaço fácil, febre baixa e geralmente no fim da tarde.

O doente com tuberculose pulmonar contamina o ar através dos bacilos lançados pela tosse, que podem ser aspirados por outras pessoas. Têm maior risco de adoecer:

- Pessoas que vivem com doente de tuberculose pulmonar, especialmente se este doente estiver sem tratamento.

- O risco aumenta quando o doente mora em lugares fechados, pouco ventilados e ensolarados;

- Pessoas que vivem em condições de alimentação e saúde precárias.

Atenção: Pessoas que têm tosse por três semanas ou mais, devem procurar imediatamente uma Unidade de Saúde. Pode ser tuberculose!

Fonte: Secretaria Especial de Comunicação / Prefeitura de São Paulo

UBS Acompanhamento Tuberculose

Compartilhe essa notícia

SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

IRS Dr. Fernando Proença de Gouvêa

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!

Prevenir é viver com qualidade!